MILLENIUM O NOVO FESTIVAL DO BRASIL | Makila Crowley

MILLENIUM O NOVO FESTIVAL DO BRASIL

Notícia postada em: 17 de outubro de 2017 ás 11:01

Tag: arena maeda balneario camboriu blumenau brasil brusque caravana caravanas curitiba excursão excursões fazenda maeda florianópolis gaspar guaramirim indaial ingresso ingressos itajaí jaraguá do sul joinville maeda megafestival millenium millenium festival palhoça paraná pomerode porto alegre pr rio do sul rio grande do sul rs santa catarina são josé são josé dos pinhas são paulo sc setembro 2018 sp swu tijucas timbó tomorrowland

Um novo megafestival de música pop começa a ser planejado para o Brasil. Marcado para os dias 7, 8, 9, 14, 15 e 16 de setembro de 2018, o Millenium será realizado na Arena Maeda, em Itu (SP), mesmo espaço que já abrigou o SWU, em 2010, e o Tomorrowland, posteriormente. O lançamento oficial será na próxima semana, com uma entrevista coletiva à imprensa. Apesar da grandiosidade que se anuncia, o evento servirá como vitrine para bandas nacionais e internacionais ainda pouco conhecidas no país, garantem os organizadores.

As inscrições foram abertas no site do festival (milleniumbrasil.com). A avaliação das bandas será feita em três etapas “para que seja um processo seletivo completo”, conta o diretor musical Luciano Nassyn, 44.

“A primeira fase será uma seleção com mídia kits, em vídeos. Depois, haverá uma análise comportamental das bandas selecionadas, ao vivo. Daí vamos premiar a que for escolhida a melhor”, pontua Nassyn, ex-integrante do grupo Trem da Alegria, hoje multi-instrumentista e produtor audiovisual.

Escolher bandas nacionais para eventos via concurso não é novidade. O que é incomum é a abertura do processo também para atrações estrangeiras.

“Fizemos isso porque o cenário internacional de novas bandas é muito vasto, e a proposta do festival é também projetar esses grupos que não estão no mainstream”, fala Nassyn.

Ele estima que sairão das audições para o festival Millenium “de 30 a 40 bandas.”

- Diversidade

Apesar dos primeiros teasers indicarem que o Millenium será um festival de rock, os produtores já avisam que o line up terá diversidade e até a música sertaneja ganhará espaço no evento. Mas como, então, combinar as bandas selecionadas no concurso com as principais atrações de cada dia? “Faremos de uma forma que a mistura das tribos não agrida a ideologia de alguns estilos”, diz o diretor.

Nassyn conta que participa da escolha das principais atrações do line up, mas que os artistas “ainda estão em fase de contratação”, e não solta nenhum nome.

- Projeto antigo

Segundo os organizadores, o Millenium é um projeto antigo, que vem sendo planejado há pelo menos seis anos. Uma junção de empresários – não só do setor de entretenimento – possibilitou sua realização.

O principal diferencial do festival é “um seguro completo, que cobre todo e qualquer problema que possa derrubar a realização do evento, de aumento do dólar a uma epidemia de grande porte que impeça aglomeração de pessoas”, segundo Norberto R. Silva, idealizador do Millenium.

Fonte: Destak Jornal

millenium_festival

 

 

  • Compartilhe